Aba 1

Trupe da Kuki Clínica Veterinária
E-mail
Resolva :

Postado em 17 de Junho às 19h35

Adotar um Cachorro ou Adotar um Gato – Dicas para ter o pet dos seus sonhos

Dicas (30)
Trupe da Kuki Clínica Veterinária Carinhoso ou Independente? Ativo ou preguiçoso? Brincalhão ou Comportado? Não estamos falando de cachorros ou gatos, mas de você! Não adianta nada adotar um animal se...
Carinhoso ou Independente? Ativo ou preguiçoso? Brincalhão ou Comportado? Não estamos falando de cachorros ou gatos, mas de você! Não adianta nada adotar um animal se você não se conhece bem nem sabe que características está buscando no amigo. Além das características acima, é importante que você leve em conta:
– o tempo que tem para cuidar dele
– o espaço disponível para o pet
– se você ou alguém da sua casa tem alguma alergia
– a grana que você vai ter que investir em veterinário, vacinas, medicamentos, comida, brinquedos, banhos etc
– como o pet vai ser encaixado nos seus planos de se mudar, casar, ter filhos, viajar pelo mundo…
Não se esqueça de que esse bichinho só pode contar com você para ser feliz. Esse compromisso é para a vida toda do pet, escolha com responsabilidade!
Diferenças entre cachorros e gatos
Nem vale a pena dizer que os cachorros são brincalhões, carinhosos, dependentes e leais pois isso todo mundo já sabe! Já os gatos… bem, esses ainda sofrem bastante preconceito porque muita gente acha que eles são traiçoeiros, não se afeiçoam ao dono e até que são do mal… TUDO ERRADO! Gatos são criaturinhas bem independentes e com personalidade própria, mas se apegam ao seu dono sim e gostam de companhia e brincadeiras tanto quanto cachorros, só que de outras formas. As grandes vantagens dos gatos é que a manutenção é bem mais fácil: não precisam de passeios, ficam muito bem sozinhos e já saem de fábrica fazendo necessidades na caixinha. Por outro lado, eles soltam mais pelos no geral e podem arranhar suas coisas se você não o ensinar a usar o arranhador.
Decidi adotar um cachorro
Filhotes são seres encantadores e mágicos. Eles são engraçados e fofos, mas não se iluda: um cãozinho dá muito trabalho. Seu filhote irá precisar de treinamento para que ele saiba o que você quer dele, além de muito exercício e brincadeiras para usar as energias de sobra e para que seu corpo se desenvolva adequadamente. É importante que ele se socialize com diferentes pessoas e animais, para que ele se sinta seguro e confortável no mundo e não tenha problemas de comportamento mais tarde. Assim que ele começar a crescer ele vai morder, fazer bagunça, destruir sua linda havaiana, e, se lidar com xixi e coco no tapete do banheiro parece muito caótico para você, melhor adotar um pet adulto que já saiba o lugar certo ou considerar um gato..
Filhotes se tornam aborrecentes na velocidade da luz, e aquela pequenina e dócil bolinha gorda fofa vai se tornar um mini furacão. A adolescência nos cachorros começa a partir dos 6 meses de idade. Os cachorros pequenos tendem a ficarem maduros fisicamente mais rápido que cachorros de grande porte. Entretanto, todos os cachorros são imaturos mentalmente e emocionalmente antes dos 2 ou 3 anos de idade, por isso eles continuam a precisar de treinamento, exercício e socialização durante esse período de desenvolvimento.
Uma dica bem legal: se esse for o seu primeiro cachorro ou se você não tiver tempo para treinar, socializar e exercitar o seu filhote ou adolescente, adotar um cachorro adulto pode ser o melhor para você. Quando você escolhe adotar um cachorro adulto, você já tem uma boa ideia da personalidade do seu futuro amigo. Mesmo que cães em abrigos ou lares provisórios possam não mostrar sua personalidade de cara completamente.
Se você está achando que um cachorro adulto não irá criar laços afetivos com você, meu amigo saiba que você está errado! Cães são abertos a novos relacionamentos e com espaço de sobra no coração. Alguns até esquecem os maus tratos do passado e recomeçam a viver, e isso é algo prazeroso de ser ver.
Adotou um idoso? Cães idosos são muito adaptáveis, mas dê um tempo para ele se acostumar a sua nova casa. Depois que você adotar um pet aposentado vai saber que foi uma das coisas mais lindas que você já fez e ele vai retribuir com amor e devoção pelo resto de seus dias.
Prefiro adotar um gato
Antes de ir ao abrigo adotar um gato, considere suas expectativas e necessidades. Se você trabalha, não é recomendado adotar um gatinho ou um adolescente (menos de 18 meses de idade), já que um adulto precisa gastar menos energia. Já, se você é
Filhotes são seres encantadores e mágicos. Eles são engraçados e fofos, mas não se iluda: um cãozinho dá muito trabalho. Seu filhote irá precisar de treinamento para que ele saiba o que você quer dele, além de muito exercício e brincadeiras para usar as energias de sobra e para que seu corpo se desenvolva adequadamente. É importante que ele se socialize com diferentes pessoas e animais, para que ele se sinta seguro e confortável no mundo e não tenha problemas de comportamento mais tarde. Assim que ele começar a crescer ele vai morder, fazer bagunça, destruir sua linda havaiana, e, se lidar com xixi e coco no tapete do banheiro parece muito caótico para você, melhor adotar um pet adulto que já saiba o lugar certo ou considerar um gato..
Filhotes se tornam aborrecentes na velocidade da luz, e aquela pequenina e dócil bolinha gorda fofa vai se tornar um mini furacão. A adolescência nos cachorros começa a partir dos 6 meses de idade. Os cachorros pequenos tendem a ficarem maduros fisicamente mais rápido que cachorros de grande porte. Entretanto, todos os cachorros são imaturos mentalmente e emocionalmente antes dos 2 ou 3 anos de idade, por isso eles continuam a precisar de treinamento, exercício e socialização durante esse período de desenvolvimento.
Uma dica bem legal: se esse for o seu primeiro cachorro ou se você não tiver tempo para treinar, socializar e exercitar o seu filhote ou adolescente, adotar um cachorro adulto pode ser o melhor para você. Quando você escolhe adotar um cachorro adulto, você já tem uma boa ideia da personalidade do seu futuro amigo. Mesmo que cães em abrigos ou lares provisórios possam não mostrar sua personalidade de cara completamente.
Se você está achando que um cachorro adulto não irá criar laços afetivos com você, meu amigo saiba que você está errado! Cães são abertos a novos relacionamentos e com espaço de sobra no coração. Alguns até esquecem os maus tratos do passado e recomeçam a viver, e isso é algo prazeroso de ser ver.
Adotou um idoso? Cães idosos são muito adaptáveis, mas dê um tempo para ele se acostumar a sua nova casa. Depois que você adotar um pet aposentado vai saber que foi uma das coisas mais lindas que você já fez e ele vai retribuir com amor e devoção pelo resto de seus dias.
Prefiro adotar um gato
Antes de ir ao abrigo adotar um gato, considere suas expectativas e necessidades. Se você trabalha, não é recomendado adotar um gatinho ou um adolescente (menos de 18 meses de idade), já que um adulto precisa gastar menos energia. Já, se você é
um novato na seção de gatos, fique longe dos muito tímidos ou agressivos, pois eles  podem ser um desafio para sua primeira experiência.
Sua melhor aposta é adotar um gato amigável, que ronrona e retribui o carinho quando  você o  acaricia.
Igualmente como os cães, gatos adultos e idosos já estão com a personalidade desenvolvida, então você saberá qual é o temperamento do gato, que é uma verdadeira  caixinha de surpresas quando ele é nenê.
Aqui vão 7 dicas para deixar seu gato feliz e saudável:
  1. Assim como os cães, gatos precisam de alimento de qualidade, com os nutrientes e vitaminas necessários
  2. Gatos precisam de água fresca em diversos locais da casa. Gatos adultos não precisam de leite e isso ainda pode fazer mal
  3. Não retire as unhas do seu gato! Além de ser MUITO doloroso, o gatinho pode não se adaptar ou ter dificuldade de locomoção, pois parte do osso em que se apoia também é removido. Para prevenir arranhões nos móveis, apare as unhas dele regularmente e compre um arranhador. Se você está indignado com a ideia de um gato eventualmente  arranhar as suas coisas, opte por um gato de pelúcia ou escolha outro pet…
  4. Coloque uma identificação no seu gato, mesmo que você não o deixe sair de casa. Afinal gatos são ágeis e espertos e facilmente vão arrumar um jeito de sair de dentro da casa.
  5. Gatos não precisam de banhos frequentes, eles são animais que se mantêm limpos e arrumados o tempo todo. Na verdade, o banho só serve para deixar com cheirinho, pois eles são bem limpinhos mesmo!
  6. Garanta que seu gato esteja recebendo bons cuidados médicos e que ele tenha todos os exames e vacinas em dia
  7. Dê ao seu gato muito amor à afeição. Gatos podem ser mais independentes que os cachorros, mas, mesmo assim, te farão companhia e darão amor

Veja também

Nomes para cachorros21/06/17 Escolher um nome para o seu cachorro é uma tarefa difícil e que merece atenção. O nome, preferencialmente, precisa combinar com o seu estilo, gênero e tamanho. Ninguém quer um nome que não faça sentido, não é mesmo? Na hora que você estiver escolhendo o nome, lembre-se que o melhor nome é aquele que é simples para que seu......
Gatos podem tomar leite? A verdade sobre esse alimento09/02/17 É muito comum donos de gatos se perguntarem: gatos podem tomar leite? Isso porque vemos isso acontecendo em filmes e desenhos animados. E então? Não, gatos não podem tomar leite. Sim, eles gostam, é verdade. No entanto,......
Pulgas – Prevenção, sintomas, problemas e tratamentos08/02 Ainda que muito comuns e, muitas vezes, tidas como parte normal da vida de cães e gatos, as pulgas podem e, inclusive, devem ser evitadas para a garantia de uma vida saudável e manutenção do bem-estar dos nossos pets. Promover......

Voltar para Blog