Aba 1

Trupe da Kuki Clínica Veterinária
E-mail
Resolva :

Postado em 20 de Janeiro de 2017 às 09h34

Coceira em cães: seu cão se coça mais do que o normal?

Dicas (30)
Trupe da Kuki Clínica Veterinária Comer, beber água, dormir, brincar e se coçar: essas são algumas das atividades que nossos cães costumam fazer todos os dias. No entanto, se seu cachorro está se coçando...

Comer, beber água, dormir, brincar e se coçar: essas são algumas das atividades que nossos cães costumam fazer todos os dias. No entanto, se seu cachorro está se coçando mais do que o normal, esse pode ser um sinal de que algo está errado. Por isso, hoje, vamos te contar tudo o que você precisa saber sobre coceira em cães, como causas e como identificar se seu cachorro está se coçando mais do que deveria. Vamos lá?

Será que meu cachorro está se coçando mais do que o normal?
Algumas coçadinhas rápidas durante o dia são normais. Assim como nós nos coçamos às vezes, nossos cães também sentem essa necessidade. Agora, se seu cachorro anda se coçando com mais frequência e por um período de tempo mais longo, aí algo pode estar errado. Se ele apresenta lesões, queda de pelo em alguma região (em especial naquela em que coça), ou usa a boca para se coçar, não restam dúvidas: ele precisa fazer uma visita ao seu veterinário de confiança.

O que pode causar coceira excessiva em cães?
As causas podem ser diversas. Abaixo, listamos e explicamos as mais comuns:

Pulgas e carrapatos

Apesar de não ser novidade para os donos de pet, achamos importante colocar as pulgas e os carrapatos nessa lista. Se a coceira é provocada por esses parasitas, basta tratar com antipulgas e pronto, certo? Mais ou menos. Na verdade, muita gente acaba aplicando o antipulgas e carrapatos (veja opções aqui) apenas quando o cachorro está passando por uma infestação, mas o ideal é fazer a manutenção desse medicamento conforme a embalagem. Ou seja: se a dose do antipulgas está atualizada, nosso cachorro não corre risco de infestação, e o melhor é sempre prevenir!

Além disso, a picada desses parasitas pode, ainda, transmitir doenças mais sérias, como a doença do carrapato, por exemplo.

Alergias

As alergias são grandes responsáveis por coceira em cães. Confira as causas mais comuns de alergia em cães:

Alimentos (alguns alimentos e mudanças na ração podem causar alergias);
Pulgas (a saliva das pulgas pode desencadear uma reação alérgica em alguns cães. Prevenir o aparecimento desse parasita é a melhor solução!);
Plantas (algumas plantas podem ser responsáveis por provocar alergias no nosso cachorro. Veja aqui uma lista de plantas tóxicas que não devemos ter em casa);
Dermatite de contato (componentes de produtos, em especial os químicos, podem causar alergias);
Sarna

A sarna é uma doença de pele contagiosa causada por um ácaro. Não existe uma vacina que previna a sarna, mas medidas curativas como shampoos específicos, pomadas e medicação podem ser adotadas pelo médico veterinário. Se seu cachorro está apresentando uma queda de pelo nas regiões dos olhos, boca ou patas, pode ser sarna.

Outros fatores

Infecções na pele do cachorro e seborreia (tanto seca quanto oleosa) também podem causar coceira.

Coceira em cães: solução
Se você está notando que seu cachorro anda se coçando muito, a primeira medida deve ser levá-lo ao veterinário. Esse profissional irá examinar seu melhor amigo e passar um diagnóstico. Para aliviar a coceira, no entanto, um medicamento extremamente eficaz é o Apoquel (veja aqui). Ele pode ser utilizado em cães com mais de 1 ano de idade e começa a fazer efeito após apenas 4 horas. Ah, e ele não é um corticoide e nem um anti-histamínico!

    Veja também

    5 comportamentos essenciais para ensinar para o filhote07/02/17 Quando trazemos um filhote para nossa casa, estamos trazendo ele ao nosso mundo e precisamos ensiná-lo a conseguir desenvolver habilidades necessárias para ter uma vida boa na nossa rotina corrida. A maneira como ensinamos nossos cães vai influenciar como esse filhote vai ser quando adulto, por isso eduque sempre de maneira positiva e não utilize punições. Aqui......
    Leishmaniose: seu cachorro pode estar contaminado sem você saber29/08/17 A Leishmaniose é uma das doenças que mais afeta os cães no Brasil. Transmitida pela picada de mosquitos, a enfermidade pode causar problemas dermatológicos (perda de pelos em focinho, orelhas e região dos olhos),......
    Como eliminar mancha e cheiro de xixi de cachorro27/01/17 Quem tem cachorro em casa deve estar acostumado a ter que lidar com manchas e cheiro de xixi de cachorro. Além de estarem presentes em casa, estas manchas e cheiro de cachorro podem estar presentes também no carro, se o animal costuma passear......

    Voltar para Blog