Aba 1

Trupe da Kuki Clínica Veterinária
E-mail
Resolva :

Postado em 23 de Setembro de 2015 às 16h40

Dicas Para seu amiguinho ter uma vida mais saudável

Gatos (20)Notícias (17)Cães (19)
Trupe da Kuki Clínica Veterinária Fêmeas gestantes Os cuidados com as fêmeas devem começar antes da fase de acasalamento, quando se prepara a fêmea para a gestação. É importante que ela esteja com...

Fêmeas gestantes
Os cuidados com as fêmeas devem começar antes da fase de acasalamento, quando se prepara a fêmea para a gestação. É importante que ela esteja com todas as vacinas em dia, devidamente vermifugada e bem alimentada, para suprir as necessidades de uma futura gestante. Deve-se escolher um macho igualmente saudável, pois a saúde dos pais vai interferir no nascimento de filhotes saudáveis.

O parto
Um dos principais pontos que devemos considerar é o local onde será o parto. Devemos tentar adaptar o lugar onde a fêmea dorme para a chegada dos filhotes, pois é bem provável que seja o local escolhido pela mãe. Ele deve estar limpo, ter espaço suficiente para a cadela se movimentar sem risco de pisotear os filhotes, com comida e principalmente água disponíveis. Vale a pena lembrar que muitas vezes as fêmeas escolhem locais atípicos para dar cria. Se o local não oferecer perigo aos filhotes, devemos respeitá-la. Fique atento ao período de gestação e ao momento do parto e qualquer dúvida consulte sempre um médico veterinário.

Cuidados com filhotes
Ao adquirir um filhote você deve ter em mente que é responsável pela vida desse novo ser, que com certeza vai lhe trazer muitas alegrias. Alguns cuidados devem ser tomados para a manutenção do bem-estar do seu cachorro, como: alimentação adequada; higiene, tanto do local onde vive como do próprio animal, evitando assim o aparecimento de vermes, pulgas, carrapatos e outras doenças.

Lembre-se de que em geral os filhotes são muito ativos e cheios de energia, e por isso sempre atentos a novidades. Portanto, devemos tomar cuidado com medicamentos e materiais de limpeza, deixando-os fora de seu alcance. Uma maneira de evitar esses acidentes é dar-lhes brinquedos apropriados, assim eles se exercitam e se distraem ao mesmo tempo. Porém, o passo mais importante na aquisição de um filhote é a visita a um médico veterinário, pois ele pode lhe dar todas as orientações necessárias à saúde do seu cão. Um criador também pode auxiliá-lo na escolha de uma raça que se adapte bem ao seu ambiente e cotidiano. Consulte também nosso Guia de Raças.

Dia-a-dia do cachorro adulto
Os cachorros adultos gostam da atenção de seus donos, de brincadeiras, boa comida e água fresca à disposição durante as 24 horas do dia. Eles também precisam de um local adequado para fazer suas necessidades biológicas, longe do local onde dormem ou se alimentam. Não devemos esquecer de alguns cuidados básicos como vacinação, vermifugação e higiene, como a escovação dos pêlos, banho e tosa.

Animais idosos
O envelhecimento muda o metabolismo, a fisiologia e o comportamento dos animais de estimação, mas nem por isso dispensam nossa atenção. Às vezes requerem até alguns cuidados especiais, como por exemplo uma dieta mais específica, pois animais idosos tendem à obesidade, por isso devemos estimulá-los a fazer exercícios, respeitando-se seus limites. Não podemos esquecer que mesmo com a idade mais avançada, seu cachorro deve continuar a ser vacinado e vermifugado. E é de fundamental importância continuar a dar-lhe carinho e atenção e levá-lo ao médico veterinário periodicamente para verificar seu estado de saúde.

Veja também

Mau hálito em cães: o que fazer?23/03/17 É impossível negar o quanto mau hálito em cães incomoda! Principalmente porque estão constantemente nos enchendo de beijinhos! Em grande parte dos casos, o odor ruim está ligado à má higiene bucal ou ausência desta. Temos que ter em mente a importância da escovação dos dentes dos pets, da mesma forma que vemos a......
Cachorro engasgado: o que fazer?16/05/17 Fuçar aqui, xeretar acolá, morder, pegar com a boca e sair correndo. Isso te lembra alguém? Pois é, esses são alguns dos encantos desses bichinhos peludos de quatro patas chamados cachorros. Mas essas atitudes podem ser......
Meu cachorro ou meu gato podem contrair Febre Amarela?09/02 Cada vez mais estamos acompanhando relatos sobre uma maior incidência de Febre Amarela que está atingindo estados de todo o Brasil. A Febre Amarela é uma doença infecciosa (qualquer doença transmitida por vírus,......

Voltar para Blog