Aba 1

Trupe da Kuki Clínica Veterinária
E-mail
Resolva :

Postado em 14 de Junho de 2017 às 07h37

Pelos de gato: um manual para lidar com a queda

Trupe da Kuki Clínica Veterinária Quem tem miau em casa já sabe: é pelos de gato no chão, pelos de gato na roupa, pelos de gato no ar. Mas se você reparou que os pelos do seu gato estão caindo mais do que o...

Quem tem miau em casa já sabe: é pelos de gato no chão, pelos de gato na roupa, pelos de gato no ar. Mas se você reparou que os pelos do seu gato estão caindo mais do que o normal, você deve tomar alguns cuidados extra para ter certeza de que isso não é um problema.

Verão ou estresse?
É comum que gatos percam bastante pelo. Principalmente no verão. Por isso, se a queda ocorre de forma generalizada, não é necessário preocupação.

“Já quando o animal começa a perder pelos em áreas específicas do corpo, com falhas, o que chamamos de alopecia, devemos levar ao veterinário”, explica a médica veterinária Anna Carolina Barbosa.

A queda de pelo em grande quantidade e fora do período de troca pode acontecer por muitos motivos. Entre eles, estão, por exemplo, má alimentação, estresse, animais idosos, doenças de pele e doenças sistêmicas.

Escovando pelos de gato
Entre as dicas de Barbosa para ajudar na queda de pelos, está a escovação regular do animal. Devem ser utilizadas escovas próprias para gatos. A escovação pode ser feita em dias alternados e diariamente no caso de gatos de pelo longo.

Ela ressalta que a necessidade de comprar uma escova própria para esse fim é que a utilização de uma escova normal pode machucar a pele do animal, abrindo caminho para escovações.



Mais ajuda
“Utilizar ração de qualidade super premium e diminuir o estresse no ambiente também ajudam”, explica a médica veterinária.

Banhos também ajudam a controlar a queda de pelo e devem ser realizados em intervalos não inferiores a uma semana.

“Apesar do gato se lamber para eliminar as sujidades, eles não a eliminam 100%, o que apenas o banho, com produtos próprios, pode proporcionar”, alerta a profissional.

Veja também

Mau hálito em cães: o que fazer?23/03/17 É impossível negar o quanto mau hálito em cães incomoda! Principalmente porque estão constantemente nos enchendo de beijinhos! Em grande parte dos casos, o odor ruim está ligado à má higiene bucal ou ausência desta. Temos que ter em mente a importância da escovação dos dentes dos pets, da mesma forma que vemos a......
Tipos de carrapatos17/06/18 Ao contrário do que muita gente pensa, carrapatos não são insetos e sim aracnídeos, ou seja, parentes das aranhas e escorpiões. Esses pequenos parasitas podem ser bem perigosos tanto para humanos quanto para animais por......
Pulgas – Prevenção, sintomas, problemas e tratamentos08/02/18 Ainda que muito comuns e, muitas vezes, tidas como parte normal da vida de cães e gatos, as pulgas podem e, inclusive, devem ser evitadas para a garantia de uma vida saudável e manutenção do bem-estar dos nossos pets. Promover......

Voltar para Blog